Pelo menos 14 funcionários superiores da polícia foram demitidos na Turquia, de acordo com os relatórios da investigação por corrupção.

Esta é a última leva de demissões, depois das prisões em massa durante a investigação de terça-feira.

Esta quinta-feira, o chefe da polícia de Istambul foi obrigado a demitir-se.

No entanto, oito dos mais de 50 detidos foram formalmente presos na sequência de audiências judiciais em Istambul.