A Delta Airlines pediu, esta segunda-feira, desculpas aos passageiros envolvidos num incidente ocorrido no mês passado. Em causa, uma altercação entre dois tripulantes, que obrigou a uma aterragem imprevista, com o avião a ficar uma hora em terra, antes de voltar a levantar voo.

 

A companhia aérea reforça que o comportamento dos tripulantes não reflete o profissionalismo que se espera dos seus colaboradores.

 

O caso remonta a 22 de janeiro. O voo 2598 da Delta Airlines, com origem em Los Angeles e destino a Minneapolis, teve de fazer uma paragem forçada em Salt Lake City, depois de dois assistentes de bordo se envolverem em confronto físico. O site The Aviation Herald, especializado em questões relacionadas com aviação, avançou que o avião esteve parado mais de uma hora, antes de retomar viagem.

 

A Delta Airlines, a segunda maior companhia aérea americana, enviou uma carta a cada um dos passageiros com um pedido de desculpas e com a oferta de vouchers de viagem. O porta-voz da empresa recusa revelar se os envolvidos na discussão foram castigados.