O líder conservador e primeiro-ministro britânico, David Cameron, já reagiu aos primeiros resultados das eleições do Reino Unido, que apontam para uma grande vitória dos Conservadores, destacando a "noite muito forte" dos "tories".
 

"Esta é claramente uma noite muito forte para o Partido Conservador. Eu acho que deu uma resposta a uma campanha positiva sobre proteger a nossa economia, a criação de empregos, o nosso balanço no governo ao longo dos últimos cinco anos."


No Twitter, Cameron, que foi eleito pelo círculo eleitoral de Witney, afirmou que pretende continuar a governar com um espírito de união: "Uma nação, um Reino Unido - é assim que espero governar se continuar como primeiro-ministro", escreveu.
 

Os Conservadores de David Cameron já conseguiram eleger 272 deputados e estão muito próximos de conseguir uma maioria na Câmara dos Comuns. Até agora já foram escrutinados 576 dos 650 círculos eleitorais e a mais recente projeção da BBC atribui 329 deputados ao Partido Conservador - o suficiente para ter uma maioria.

Por sua vez, os Trabalhistas de Ed Miliband, os grandes derrotados desta noite eleitoral, para já, só conseguiram eleger 217 deputados. Segundo as últimas projeções, não deverão ir além dos 233 deputados e Miliband deverá apresentar a demissão do cargo de líder do partido.