Um ataque da força aérea russa provocou, nesta quarta-feira, a morte a 18 civis, no enclave de Ghouta Oriental, zona rebelde sitiada perto de Damasco, capital da Síria, anunciou o Observatório Sírio dos Direitos Humanos (OSDH).

A ação militar ocorreu na cidade de Misraba, enquanto em duas outras cidades de Ghouta Oriental foram mortas cinco pessoas por tiros de soldados do regime de Bashar al-Assad, revelou à agência France Presse o diretor da OSDH, Ta Rami Abdel Rahmane.

"Os ataques aéreos russos visaram habitações em Misraba", uma cidade controlada pelo grupo rebelde Jaich al-Islam.

Rahmane indicou que "o quartel-general de Jaich al-Islam está situado no perímetro da vila e não no seu interior".

De acordo com a OSDH, três crianças, 11 mulheres e um voluntário dos capacetes brancos, uma organização de socorro nas zonas rebeldes da Síria, estão entre as vítimas.

Os ataques causaram ainda dezenas de feridos.