O Daesh, o autoproclamado Estado Islâmico, divulgou um vídeo que mostra dois homens, alegadamente soldados russos, que terão sido caputrados em confrontos registados na cidade síria Deir al-Zor, no leste do país.

O vídeo foi divulgado pela agência AMAQ.

Os dois soldados terão sido capturados a 28 de setembro.

No vídeo aparecem com túnicas cinzentas, um deles está algemado e o outro tem ferimentos no rosto.

De acordo com a agência noticiosa Reuters, no vídeo, um dos homens fala em língua russa, sendo apresentada legendagem em árabe.

Rússia nega

O ministério da Defesa russo negou entretanto que soldados do país tenham sido capturados na Síria, segundo informa a agência Interfax.

Não houve incidentes envolvendo capturas ou mortes de soldados das forças armadas russas na província de Deir al-Zor ou noutras áreas da Síria", afirmou fonte do governo russo.