O ex-presidente do Iraque e dirigente curdo Jalal Talabani, 83 anos, morreu esta terça-feira num hospital de Berlim, anunciaram responsáveis curdos e um amigo da família.

Segundo as fontes, citadas por agências internacionais, o estado de Talabani degradou-se rapidamente nas últimas horas.

Jalal Talabani liderou a luta pela autodeterminação dos curdos à frente de uma das principais fações, a União Patriótica do Curdistão (UPK).

Em 2005, tornou-se presidente do Iraque, depois da guerra e da invasão do país em 2003 que pôs fim ao regime de Saddam Hussein.