No próximo ano a Finlândia celebra o centenário da independência e a Noruega pretende oferecer ao país vizinho uma prenda pouco comum: uma montanha. O Governo norueguês deverá fazer uma alteração à fronteira, cedendo o cume de uma montanha à Finlândia, que se tornará no ponto mais alto do país. 

O Governo norueguês está a estudar a possibilidade, mas ainda não foi tomada uma decisão final, em relação à alteração da fronteira, que permitirá que o topo da montanha Haiti se torne no mais alto da Finlândia:

Existem algumas dificuldades formais e ainda não foi tomada uma decisão final. Estamos a avaliar a possibilidade", disse a primeira-ministra norueguesa, Erna Solberg à rádio NRK.

A montanha em causa não consta sequer nas mais altas da Noruega, mas faria toda a diferença para a Finlândia, segundo um dos promotores da campanha, Bjørn Geirr Harsson:

Penso que deveria ser um presente do povo da Noruega e tenho certeza de que o povo finlandês agradeceria.”

De acordo com o The Telegraph, a iniciativa para oferecer a montanha ao país vizinho começou no último ano. Os promotores, noruegueses, pretendem mover a fronteira entre os dois países apenas 150 metros para norte e 200 metros para leste. A alteração não parece significativa e a Noruega perderia apenas 0,015 quilómetros quadrados do território. 

A alteração não mudaria o número de quilómetros quadrados dos territórios da Noruega ou da Finlândia. Mas faria uma grande diferença para Finlândia, já que o ponto mais alto do país passaria a ser o pico de uma montanha e não uma colina“, disse Bjørn Geirr Harsson. 

 

Norjassa pohditaan #Halti'n huipun antamista Suomelle satavuotislahjaksi #uutisvahti https://t.co/YKt9DewJAG pic.twitter.com/Cxg8I5EAEQ

A concretizar-se a alteração, o ponto mais alto da Finlândia passaria a situar-se a 1.331 metros acima do nível do mar, sete metros acima do atual, que se situa a 1.324 metros e fica exatamente na fronteira entre a Noruega e Finlândia.