Mais de 600 restos humanos foram encontrados nas últimas horas num município do estado mexicano de Cuaohila, disse a meios de comunicação social locais o grupo Vida, formado por pais de pessoas desaparecidas.

A presidente do grupo, Silvia Ortiz, explicou que foram encontrados restos humanos como ossos e dentes, assim como roupas e sapatos, num local conhecido como "campo Patrocínio".

A zona onde foi feita esta descoberta foi uma das regiões onde estiveram instalados grupos criminosos relacionados com os cartéis da droga, há alguns anos, numa altura em que a cidade de Torreón, uma das maiores do estado de Coahuila, era considerada uma das mais violentas do mundo.