Um incêndio atingiu, esta quarta-feira, um campo com cerca de dois mil refugiados em Brezice, na zona da fronteira da Eslovénia com a Croácia, não tendo causado feridos.

Os bombeiros e a polícia de intervenção rapidamente tomaram conta da ocorrência, mas ainda não sabem o que terá causado o fogo.

O jornalista alemão Steffen Schwarzkopf, que estava no local, partilhou vários vídeos e fotos no Twitter que indicam que terão sido alguns refugiados a pegar fogo às tendas do acampamento, como forma de protesto.
 
 
Por sua vez, a agência Associated Press conta que a razão mais provável para o incêndio são as fogueiras que os refugiados têm ateado para fazer frente às baixas temperaturas, que já se fazem sentir na zona este da Europa. 

Segundo a agência EFE, os refugiados vão ser transferidos para um outro campo, provavelmente em Sentilj, perto da fronteira com a Áustria.