A Presidente da Argentina está obrigada a ficar um mês de repouso por causa de uma lesão cerebral. O problema pode ter origem num traumatismo craniano sofrido em agosto, embora na altura os exames médicos não revelassem nada de anormal.

Dois meses depois, Cristina Kirchner, de 60 anos, dirigiu-se ao hospital, queixando-se de dores de cabeça. Após cerca de dez horas, os médicos ditaram o diagnóstico: um hematoma cerebral, demasiado pequeno para ser extraído numa cirurgia. Uma intervenção que vai obrigar a presidente argentina a ficar em casa durante um mês.