A crise na Venezuela está a gerar grandes filas nos supermercados para comprar bens de primeira necessidade. S egundo os dados da Aliança Nacional de Utentes e Consumidores (Anauco), organismo que questiona os limites nas vendas nos setores público e privado, seis em cada dez venezuelanos fazem, frequentemente, longas filas para comprar os produtos alimentares básicos.

«Seis em cada dez venezuelanos têm que fazer fila para comprar alimentos. Esse é um facto real, independentemente da classe social e de qualquer situação que possa diferenciar uma pessoa de outra», disse o presidente da Anauco.


Numa conferência de imprensa em Caracas, Roberto León Parili explicou que aquele organismo fez «estudos das filas» nos supermercados e visitou as fontes de produção para determinar os níveis de produtividade, para «fazer um diagnóstico real da situação» e saber «porque hoje se fazem filas generalizadas, quando há alguns meses elas eram apenas num caso pontual».