A polícia nova-iorquina prendeu um homem de 29 anos, residente em Queens, por maus tratos à sua mulher e aos quatro filhos menores (entre 7 e 11 anos), tendo estes últimos sido entregues aos serviços sociais por falta de segurança, avançou esta segunda-feira o New York Post.

A família descrita pelos vizinhos como problemática tinha, além dos problemas de maus tratos, uma outra particularidade. Viviam numa casa repleta de lixo e fezes, devido a abrigarem debaixo do mesmo teto 15 cães da raça pitbull (5 adultos e 10 cachorros), duas jiboias e um lagarto.

A polícia já havia sido chamada ao local noutras ocasiões por denúncias de violência doméstica, mas como a esposa nunca apresentou queixa, o indivíduo continuava em liberdade.

Desta vez, as autoridades estavam no bairro para responder a uma situação de um ataque canino e puderam, alegadamente, testemunhar o homem a agredir a mulher e um dos cães.

«Eles estavam sempre a agredir-se um ao outro», contou uma vizinha ao NY Post, acrescentando: «É uma situação recorrente. Ele estava a bater-lhe e agarraram-no. Foram separados em dois carros e ainda assim estavam a discutir.»

O norte-americano ficou detido e está acusado de maus tratos a crianças, crueldade agravada, tortura e maus tratos para com animais, bem como as alegadas acusações de violência doméstica.