A imagem do Papa Francisco a segurar a mão de uma criança com síndrome de Down tornou-se viral nas redes sociais nos últimos dias com uma versão do que terá levado ao momento. No entanto, com alguma pesquisa é possível perceber que na realidade a fotografia já tem alguns meses e que não tem os contornos que agora surgiram. 

A fotografia foi tirada durante um encontro oficial de atletas das Olimpíadas Especiais, em outubro de 2017. A menina, Gemma Pompili, de quatro anos, integra a equipa italiana de futebol das Olimpíadas Especiais e foi convidada a sentar-se ao lado do Papa Francisco durante o evento, depois de lhe ter oferecido umas sapatilhas vermelhas em nome da equipa.

Esta semana a imagem voltou a dar que falar porque alguns utilizadores partilharam a fotografia, dizendo que a menina foi ao encontro do líder da Igreja Católica voluntariamente e que, inclusive, os seguranças do Papa terão agido no sentido de impedir o momento.

 

 

 

No entanto, a história não corresponde à realidade e a versão original pode ser confirmada na página oficial das Olímpiadas Especiais italianas, que, na altura, partilhou detalhes e fotos do encontro.