Kayden Kinckle, de dois anos, é um menino especial, que desde o momento em que nasceu teve de enfrentar uma série de obstáculos. O «Huffington Post» explica que a criança norte-americana tem uma má-formação congénita chamada onfalocele que acontece quando um ou mais órgãos ficam fora da cavidade abdominal. Além disso, durante a gravidez, os seus membros inferiores ficaram enrolados pela bolsa amniótica e isto fez com que as suas pernas ficassem deformadas.

Depois de ter sido submetido a duas cirurgias na zona abdominal, em janeiro, o menino teve de amputar a perna esquerda e o pé direito.

No entanto, Kayden provou que coragem e determinação não lhe faltam.

Num vídeo partilhado pela mãe no Facebook, o menino dá os primeiros passos com as suas próteses e exclama com a sensação de vitória: «Consegui!».

De acordo com a mãe, esta foi a primeira vez que Kayden andou com as suas próteses de forma autónoma.

O vídeo foi partilhado pelo jogador da liga de futebol americana NFL Michael Vick e obteve mais de 140 mil gostos.

Com a sua história, o menino está a inspirar milhares de pessoas em todo mundo.