Quando o deslizamento de terras começou, Jacob, de quatro anos, estava no andar de cima e viu a sua casa ser engolida pela lama. O seu pai e os três meios-irmãos ainda não foram encontrados.

Jacob foi encontrado «no meio do nada», ainda no sábado do desastre (22), segundo as palavras do coordenador da equipa responsável pelo seu salvamento.

Segundo a CNN, o rapaz estava enterrado na lama até à cintura, ao ponto das suas calças caírem quando a equipa de salvamento o puxou para cima.

Retirar Jacob não foi fácil dada a impossibilidade de aterragem do helicóptero de salvamento, mas o rapaz facilitou toda a situação ao esticar os braços para a equipa.

As imagens foram captadas por uma câmara instalada no helicóptero de salvamento.

«Ele não chorou. Não se mexeu. Ficou ali e foi um «pequeno-homem»», disse Ed Hrivnak, voluntário da equipa de salvamento.

«Aquele miúdo foi muito corajoso», escreveu Beau Becker, chefe da equipa, no Facebook.

A mãe de Jacob, Jonielle Spillers, estava a trabalhar e escapou ao deslizamento de terras que matou pelo menos 24 pessoas, a norte de Seattle, Estado de Washington, EUA. 900 pessoas ainda estão desaparecidas.