Um bebé de apenas cinco meses teria sido a vítima mortal mais jovem do desabamento de terras em Oso, nos Estados Unidos, não fosse a coragem de um homem que passava e arriscou a própria vida para o salvar. Duke estava em casa com a mãe, quando a casa foi engolida pela terra, no último dia 20 de março.

Kody Wesson passou na estrada segundos antes da derrocada e também escapou por pouco à derrocada que levou a casa onde Amanda Skorjanc estava com o filho. Ao aperceber-se da tragédia, voltou para ajudar. Ignorou as ordens de um polícia, para não entrar nos escombros, dado o perigo em que incorria, e procurou sobreviventes.

«Temos de ajudar. Como se pode não o fazer? Não podemos simplesmente ficar a ver», disse o novo herói.

Wesson avistou o bebé, retirou-o dos escombros e embrulhou-o no próprio casaco. O pequeno Duke está internado em estado grave, mas estável, num hospital de Seattle. A mãe, de 25 anos, ficou com as duas pernas partidas, mas também está a recuperar.