Uma criança de três anos, de Michigan, nos Estados Unidos, morreu no fim de semana quando acidentalmente disparou um tiro na própria cabeça com uma arma que encontrou num roupeiro.

Segundo a polícia, citada pela CNN, a arma que matou o pequeno Damon Holbrook pertencia a um amigo da família que estava a morar na mesma casa.

As autoridades adiantaram, ainda, que a arma estava carregada com uma bala e não tinha a tranca de segurança.

Após a morte do filho, o pai apelou no Facebook para que as armas sejam mantidas «fora do alcance de todos os que não souberem lidar com elas, especialmente crianças».