Um juiz da Guatemala emitiu uma ordem de detenção provisória contra o ex-Presidente do país, Otto Pérez, que foi obrigado a demitir-se na sequência de acusações de corrupção.

O juiz Miguel Angel Galvez ordenou que o ex-chefe de Estado fosse detido no centro militar Matamoros, no centro da cidade da Guatemala, para evitar perigo de fuga.

O Congresso da Guatemala aceitou hoje a resignação do Presidente do país, Otto Perez Molina, dois dias depois de lhe ter retirado a imunidade por estar acusado de liderar uma rede de corrupção aduaneira, “La Linea”.