A polícia sul coreana anunciou este sábado a detenção de Kwon Yun-Já, 72 anos, mulher de Yoo Byun-Eun, o dono da companhia Chonghaejin Marine Co., proprietária do ferry Sewol que afundou em abril.

No acidente do ferry Sewol morreram mais de 300 pessoas e a tripulação está acusada de vários crimes por não terem, por exemplo, ordenado a saída do barco a tempo de salvar mais vidas entre os cerca de 470 passageiros no navio.

Desde o dia do acidente que Yoo Byun-Eun está desaparecido e a polícia o tenta deter tendo sido desencadeadas várias rusgas, sempre sem êxito.