O homem responsável pelo ataque ao embaixador dos Estados Unidos na Coreia do Sul foi condenado esta sexta-feira a 12 anos de prisão por tentativa de homicídio.

A acusação tinha pedido 15 anos para Kim Ki-Jong, de 56 anos, que atacou Mark Lippert com uma faca, em março, em Seul.

O ataque foi efetuado quando Lippert se dirigia para um pequeno-almoço e trabalho no centro de Seul. 

Lippert, 42 anos, ficou com um profundo golpe na cara que precisou de 80 pontos.

O atacante, detido de imediato, terá gritado uma frase antiguerra quando atingia o diplomata.

Os Estados Unidos e a Coreia do Sul promoviam na altura os seus exercícios militares anuais conjuntos, que geralmente provocam um aumento da tensão com a vizinha Coreia do Norte.