Uma delegação ao mais alto nível do governo sul-coreano, chefiada pelo ministro para a Unificação, Cho Myoung-gyon, passou a fronteira na localidade de Paju, que leva até à zona desmilitarizada existente entre os dois países.

Altos representantes da Coreia do Sul e da Coreia do Norte retomaram, nesta terça-feira, o diálogo, com a primeira reunião em mais de dois anos centrada em facilitar a participação de Pyongyang nos Jogos Olímpicos de Inverno.

As negociações entre as duas Coreias vão, para já, tratar do simples acesso de atletas do norte aos Jogos Olímpicos de Inverno, que serão disputados na Coreia do Sul, no final do próximo mês.

O encontro, que arrancou às 10:00 (01:00 em Lisboa), é o primeiro desde dezembro de 2015.

A reunião decorre em Panmunjom, aldeia fronteiriça onde foi assinado o armistício da Guerra da Coreia (1950-53).

Pyongyang pretende enviar uma delegação de alto nível aos Jogos Olímpicos de Inverno.

“A parte norte-coreana propôs enviar uma delegação de alto nível”, declarou o ministro-adjunto da Unificação da Coreia do Sul, Chun Hae-Sung, aos jornalistas.