O Governo de Seul revelou este domingo que desconhece o paradeiro de quase 700 refugiados norte-coreanos, o que representa cerca de 2,6% dos que abandonaram o seu país para se instalarem na Coreia do Sul.

O Ministério da Unificação sul-coreano reconheceu que não conseguiu localizar 688 refugiados da Coreia do Norte, entre os 27.000 que Seul estima que se tenham instalado na Coreia do Sul nas últimas seis décadas.

Além destes, o ministério encarregado dos assuntos relacionados com a Coreia do Norte contabilizou em 664 os refugiados que agora residem noutros países, deppois de terem passado pela Coreia do Sul.