As últimas fotos de Kim Jong-un divulgadas estão a causar polémica. A obesidade do líder da Coreia do Norte tem levantado suspeitas quanto à sua saúde.

As imagens divulgadas pela Korea Central News Agency mostram o ditador numa visita guiada pelos campos de cultivo, perto de Pyongyang, usando um panamá e um fato às riscas. Mas é a forma física de Kim Jong-un que tem dado que falar.

O líder, que se pensa ter 32 anos, tem ganho peso desde 2011, altura em que sucedeu ao seu pai, Kim Jong-il.

As suspeitas de que Kim Jong-un possa estar doente remontam a setembro do ano passado, quando o ditador esteve desaparecido da esfera pública durante várias semanas. Já em julho, o líder da Coreia do Norte tinha surgido no parlamento apoiado numa bengala, a coxear.

O estado de saúde de Kim Jong-un tem gerado preocupação na Coreia do Norte, uma vez que o líder parece ter herdado os problemas de saúde do pai. A morte súbita de Kim Jong-il tem sido atribuída aos maus hábitos alimentares, ao colestrol e diabetes. 
 

"Sabemos que a sua saúde não está muito bem e, no futuro, se estiver seriamente doente, pode haver instabilidade na Coreia ou mesmo um golpe militar. A linhagem da família Kim é muito importante para a Coreia do Norte, por isso podem estar a olhar para o irmão mais velho de Kim Jong-un, Kim Jong-nam, para ser a nova figura do regime", diz Toshimitsu Shigemura, um professor na Universidade de Tóquio, ao The Telegraph