Negociações de alto nível estão previstas para esta tarde entre os dirigentes sul e norte-coreanos, anunciou Seul, horas antes de expirar o ultimato de Pyongyang.

A Coreia do Norte ameaçou o Sul que iniciaria uma “guerra total” se Seul não suspendesse o que considera operações de propaganda.

O encontro vai decorrer na cidade fronteiriça de Panmunjom pelas 06:00 (10:00 em Lisboa), de acordo com um porta-voz da presidência.

Numa altura de grande tensão militar entre os países, Pyongyang anunciou, através de comunicado divulgado pela agência estatal KCNA, que "o exército e o povo da Coreia do Norte estão preparados para responder ou avançar com represálias, e não descartam uma guerra total”.

O ministério sul-coreano tinha, por sua vez, afirmado que “a situação a que se chegou, à beira de uma guerra, é dificilmente controlável neste momento”.