Kim Jong-un reapareceu. A ausência do líder norte-coreano – que não era visto desde 3 de setembro – aconteceu num bairro residencial recém-construído e visitou o Instituto de Energia Natural da Academia de Estado de Ciências, noticia a agência KCNA.

Após a ausência de 40 dias, Jong-un apareceu sorridente e de bengala. Apesar do novo acessório, o líder norte-coreano, de 32 anos, não parecia estar com dores.

A ausência de Kim Jong-Un suscitou várias especulações sobre a sua saúde, com alguns media a afirmarem que o líder poderia sofrer de gota ou de problemas de excesso de peso.

Este foi o período mais longo de ausência de Kim Jong-Un de atos oficiais desde que fez a sua primeira aparição pública, em 2010. A última vez que o líder da Coreia do Norte tinha sido visto foi a 3 de setembro num concerto com a mulher.