As Coreias retomaram hoje as suas conversações no complexo industrial de Kaesong, pela primeira vez desde a execução do tio do líder norte-coreano, o que gerou preocupações sobre a instabilidade do regime de Pyongyang.

Uma delegação sul-coreana atravessou a fronteira para se deslocar ao complexo de Kaesong, reaberto em setembro depois de cinco meses de portas fechadas por Pyongyang.

«Vamos analisar o respeito dos compromissos assumidos e discutir o desenvolvimento do local», declarou à imprensa o chefe da delegação de Seul, Kim Ki-Woong.

Dennis Rodman regressa à Coreia do Norte

O antigo basquetebolista Dennis Rodman iniciou hoje uma terceira visita à Coreia do Norte, onde permanecerá durante cinco dias para preparar um jogo de veteranos da Liga de Basquetebol norte-americana (NBA) dedicado ao líder norte-coreano.

Rodman partiu hoje de Pequim para Pyongyang e vai ficar na Coreia do Norte até ao dia 23 a preparar o jogo, previsto para 08 de janeiro por ocasião do aniversário do líder norte-coreano, Kim Jong-un, que considera como seu amigo e que é alegadamente um fã de basquetebol, especialmente dos Chicago Bulls, que era a equipa daquele norte-americano.

O jogo de basquetebol a ter lugar na Coreia do Norte será disputado entre a equipa norte-coreana e outra com antigos jogadores da NBA, cujos nomes ainda não foram revelados.