O presidente da Coreia do Sul, Moon Jae-in, propôs a realização de uma cimeira trilateral com Washington e Pyongyang para que formalmente se possa pôr fim à Guerra da Coreia.

Se a cimeira [entre os EUA e a Coreia do Norte] for um éxito, deveremos avançar para a realização de uma outra trilateral com as duas coreias para que se possa pôr fim à guerra”, afirmou este domingo Moon numa conferência de Imprensa.

Moon Jae-in explicou aos jornalistas o conteúdo da reunião que teve sábado, de surpresa, com Jong-un e na qual os dois se comprometeram a cooperar para que a cimeira entre Washington e Pyongyang, prevista para dia 12 de junho em Singapura, “seja um êxito”.

O presidente da Coreia do Sul, Moon Jae-in, e o líder do Norte, Kim Jong-un, reuniram-se de surpresa e em segredo para tratar da realização da cimeira entre o dirigente norte-coreano e o presidente norte-americano, Donald Trump.

Moon e Kim encontraram-se, pela segunda vez em um mês, por duas horas, na militarizada fronteira entre os dois países.

Os líderes das duas Coreias, ainda em guerra tecnicamente, celebraram uma primeira cimeira a 27 de abril, tendo então feito uma declaração em que se comprometiam a trabalhar para alcançar a “total desnuclearização” da península coreana.