A Presidente da Coreia do Sul, Park Geun-Hye, declarou hoje que Seul não vai “desligar” os altifalantes que difundem propaganda na fronteira com a Coreia do Norte enquanto Pyongyang recusar pedir desculpa.

A Coreia do Norte deve apresentar “ claras desculpas” e prometer não se envolver em “ novas provocações”, afirmou a chefe de Estado sul-coreana, numa reunião com os seus conselheiros.

Pyongyang desencadeou a atual crise com as suas “atividades provocadoras”, realçou Park Geun-Hye.

Recorde-se que estavam previstas negociações de alto nível durante o fim de semana entre os dirigentes sul e norte-coreanos. Mas deste encontro não se conhecem os resultados.

A Coreia do Norte ameaçou o Sul que iniciaria uma “ guerra total” se Seul não suspendesse o que considera operações de propaganda.