Um homem ficou ferido, depois de saltar para a jaula de um urso polar, no Jardim Zoológico de Copenhaga, na Dinamarca. Os tratadores tiveram de disparar balas de borracha contra o animal, enquanto tentavam resgatar o visitante.

De acordo com algumas testemunhas que estavam no local, o homem, que foi descrito pelas autoridades como sendo “mentalmente instável”, atirou-se para o fosso do urso polar.
 

“Ele aproximou-se do urso, que o examinou, cheirando-o e empurrando-o. O homem ficou com algumas lesões superficiais”, explicou o porta-voz do zoo, à Skynews.


Para evitar um ataque, os tratadores tentaram incialmente distrair o animal, gritando. Contudo, por precaução, optaram por alvejar o animal, com balas de borracha, até que regressasse à sua jaula.

Segundo a AP, quando saiu do fosso, “o homem conseguia andar”, mas teve de ser levado para o hospital de ambulância.

O incidente fez com que o jardim zoológico já viesse anunciar que planeia fazer algumas mudanças na casa do urso polar, para assegurar mais condições de segurança e que um episódio deste género não volte a acontecer.