Milhares de pessoas estavam, esta quarta-feira, em fuga no sul das Filipinas devido a combates entre as forças governamentais e rebeldes muçulmanos, que atacaram um porto e fizeram dezenas de civis reféns.

Pelo menos 13 mil pessoas refugiaram-se no estádio de Zamboanga, na ilha filipina de Mindanao, onde desembarcaram, na segunda-feira, cerca de 200 homens armados, membros da Frente Moro de Libertação Nacional.

As ruas da cidade e das suas imediações estavam desertas