inauguração das novas instalações do Banco Central Europeu, em Frankfurt, na Alemanha, provocou esta quarta-feira uma onda de protestos

Claudia Richter, uma emigrante naquela cidade, contou na antena da TVI24 que o objetivo dos ativistas, aparentemente, é chegar ao centro da cidade «onde já estão preparados vários corpos de intervenção da polícia».

A tradutora adiantou que, a partir de testemunhos que recolheu de amigos e conhecidos, «além do grupo grande em frente ao BCE, há vários grupos de ativistas espalhados pela cidade a incendiarem carros» e que um desses grupos terá mesmo tentado «arrombar uma esquadra e incendiado três carros».





«O que se vê são carros queimados, fumo no ar, muitos polícias. Neste momento, há nove mil polícias de todo a Alemanha em Frankfurt».