Registam-se confrontos e ouvem-se disparos de armas de fogo na mesquita de Al Fateh no centro do Cairo onde se encontram refugiados centenas de manifestantes da Irmandade Muçulmana.

Egito: 700 pessoas barricadas em mesquita

Fontes policiais disseram à EFE que os disparos começaram no interior do templo e as imagens que estão a ser transmitidas pela estação de televisão Al Yazira mostram confrontos no exterior entre as forças de segurança e os manifestantes islamitas que mantêm os protestos contra os militares desde o final das orações do meio-dia, na sexta-feira.

De acordo com a Irmandade Muçulmana que promoveu os protestos junto dos apoiantes do ex-presidente Morsi morreram mais de 200 pessoas desde sexta-feira.

O governo egípcio já admitiu dissolver a Irmandade Muçulmana, após os distúrbios dos últimos dias.