A Martha é um mastim napolitano com quase 57 quilos que ganhou a distinção de “cão mais feio do mundo”, numa competição que decorreu na Califórnia, EUA, e conta já com mais de 29 anos de existência.

A distinção não afetou a simpática cadela, que adormeceu assim que subiu ao placo e que ressonava sonoramente enquanto o público aplaudia entusiasticamente a sua eleição.

O “cão mais feio do mundo” conta com um passado de desatenção por parte dos donos que tentaram vender. Martha foi resgatada por uma associação, operada várias vezes e entregue aos cuidados de uma nova dona, que lhe proporciona uma nova casa.

A dona de Martha ganhou cerca de 1340 euros, um troféu e uma viagem a Nova Iorque.

A eleição do "cão mais feio do mundo" integra-se numa iniciativa cuja finalidade é precisamente encontrar uma casa para cães com passado de negligência.