A guarda de fronteira da Ucrânia começou esta quinta-feira a inspecionar os primeiros camiões da coluna humanitária russa bloqueada do lado russo da fronteira há uma semana, informou um porta-voz.

«A inspeção da ajuda humanitária russa começou», disse o porta-voz da guarda de fronteira, Serguei Astakhov, à agência France Presse.

O procedimento deverá permitir que os cerca de 300 camiões russos, carregados com 1.800 toneladas de ajuda humanitária para as populações afetadas pelo conflito no leste da Ucrânia, atravessem a fronteira e sigam para o bastião separatista de Lugansk, onde a ajuda deverá ser distribuída pela Cruz Vermelha.