Pelo menos 53 pessoas morreram nos confrontos registados desde o fim de semana entre o exército filipino e elementos do grupo Combatentes Islâmicos de Bangsamoro no sul das Filipinas, informaram esta sexta-feira as autoridades locais.

Os militares encontraram os corpos de 12 rebeldes, que se somam aos 41 cadáveres da anterior contagem oficial, na região de Mindanao, onde desde o passado fim de semana combatem soldados e insurgentes, declarou o porta-voz do Exército Dickson Hermoso, citado pela Agência de Noticias do país «PNA».

Entre as vítimas mortais estavam 13 menores, denunciou o militar.