Pelo menos 33 rebeldes do grupo Combatentes pela Liberdade Islâmica do Bangsamoro (BIFF, em inglês) das Filipinas morreram numa ofensiva em que os militares tomaram o controlo de várias localidades do sul do país, informou a imprensa local.

O comandante Lito Sobejana disse, no domingo, que os confrontos entre o exército e os rebeldes do BIFF estenderam-se durante quatro dias, até que foram recuperados dois bairros de Datu Unsay e um de Sharrif Aguak, ambas as localidades na província de Maguindanao, no sul das Filipinas, segundo a estação GMA.

Sobejana informou que cinco soldados e dez rebeldes ficaram feridos durante as operações, que resultaram em cerca de 700 famílias deslocadas.