Pelo menos 10 guerrilheiros das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (FARC) foram mortos num confronto com militares do exército, revelou o ministro da Defesa Juan Carlos Pinzon aos jornalistas na noite de quinta-feira.

O mesmo responsável explicou que um dos guerrilheiros mortos foi Pedron Lain Parra, um comandante regional da confiança de Jorge Briceno, o chefe militar do grupo guerrilheiro morto em 2010.

A ofensiva militar decorreu no domingo numa zona montanhosa da província de Meta.