Uma criança de 11 anos teve de ser submetida a uma intervenção cirúrgica, esta terça-feira, para que fosse retirada droga que transportava no estômago. A menina colombiana seria usada como «mula» por narcotraficantes, de acordo com a polícia de Cali, citada pela Agência EFE.

«Diante do perigo que a menina corria pelos sintomas que apresentava, foi submetida a uma cirurgia na qual foram extraídas de seu corpo 104 cápsulas no total. Tudo indica que se trata de cloridrato de cocaína», explicou o comandante da polícia de Cali, general Hoover Penilla.

De acordo com a mãe da menina, o pai tinha-a levado para passear no dia anterior e devolveu-a mais tarde. A mãe terá relatado à polícia que, durante a noite e madrugada, «a menina apresentou sintomas que obrigaram sua transferência para um centro de saúde».

As autoridades suspeitam que a menina seria mandada para a Europa, transportando a droga no estômago.