O Ministério do Interior espanhol anunciou, nesta quarta-feira, a apreensão de 8,7 toneladas de cocaína que estavam escondidas em contentores de banana, no porto de Algeciras.

Esta é considerada “a maior da história do narcotráfico” em Espanha e uma das maiores na Europa.

A droga, que estava escondida em contentores provenientes da Colômbia, foi apreendida no domingo no porto de Algeciras, em Cádis, indica o ministério, anunciando que seis pessoas foram detidas, entre as quais dois empresários e um agente da Guardia Civil. 

Em conferência de imprensa, o ministro do Interior, Juan Ignacio Zoido, explicou que os investigadores estavam a acompanhar um "despacho suspeito" de três contentores carregados com bananas que viajavam num navio da Colômbia.

Ao chegar ao porto de Algeciras, os três contentores foram revistados e num deles foram encontrados 8.740 quilos de cocaína.

Esta apreensão ocorre quatro meses depois de terem sido apreendidas cerca de seis toneladas de cocaína no mesmo porto.