A Comissão Nacional de Eleições de Moçambique (CNE) declarou, esta sexta-feira, que vai deliberar até sábado sobre a r eclamação apresentada pela Renamo, principal partido da oposição, contra os resultados das eleições gerais do passado dia 15.

«Recebemos ontem (quinta-feira) uma reclamação da Renamo sobre os resultados das eleições gerais e temos 48 horas para deliberar. O prazo conta com os fins de semana, pelo que até amanhã [sábado] temos de nos sentar para deliberar», disse à Lusa o porta-voz da CNE, Paulo Cuinica.

Cuinica disse que a reclamação do principal partido da oposição foi apresentada na CNE pelo mandatário da Renamo (Resistência Nacional Moçambicana), André Majibire.