Seis polícias paquistaneses foram mortos quando acompanhavam um ciclista espanhol na instável província do Baluchistão, no sudoeste do Paquistão, informaram as autoridades locais, citadas pela agência France Presse.

O ciclista e os polícias locais foram emboscados na zona de Mastung, cerca de 55 quilómetros a oeste da capital provincial, Quetta.

«Os polícias tribais locais estavam a acompanhar o ciclista espanhol depois de ele entrar no Paquistão proveniente do Irão quando foram atacados por homens armados», segundo um responsável da administração local, Shafqat Sehwani.

O ciclista sofreu apenas ferimentos ligeiros e está atualmente ao cuidado das autoridades, acrescentou.

O Baluchistão, que faz fronteira com o Irão e o Afeganistão, é uma das províncias mais instáveis do Paquistão, refúgio de radicais islâmicos e militantes separatistas e palco frequente de confrontos sectários.

Entre as ações comuns figuram os sequestros de turistas ocidentais, que rendem resgates elevados.