Subiu para sete o número de mortos devido ao temporal que afetou o noroeste e o centro de Itália, nas últimas horas. Segundo o jornal italiano Corriere della Sera, entre as vítimas mortais está uma família, que inclui um bebé de dois anos. Há ainda uma pessoa desaparecida.

As zonas mais afetadas pelo temporal foram as regiões de Ligúria e Toscana. Nestas regiões, as localidades mais afetadas, foram as de Livorno e de Montenero, na costa do Toscana.

As sete vítimas mortais registaram-se em Livorno.

O temporal destruiu uma família inteira: um bebé de dois anos, a mãe, o pai e o avô foram encontrados sem vida numa cave, na zona de Nazaurio Saro. Os bombeiros conseguiram resgatar do local uma menina de quatro anos.

As fortes chuvas têm-se registado nas últimas horas e causaram inundações e o desabamento de terras.

Ao início da manhã deste domingo, o temporal também se começou a sentir na região de Lácio e na capital do país, Roma.