As chuvas intensas registadas durante a madrugada em Kyoto, no centro do Japão, levaram esta sexta-feira as autoridades locais a recomendar a retirada de mais de 30.000 pessoas, informou a estação pública NHK.

Na localidade de Ayabe foram registados, em três horas, cerca de 200 milímetros de água por metro quadrado, um valor recorde.

Para se ter uma ideia, esse valor é equivalente à chuva acumulada durante todo o mês de setembro na mesma zona, segundo a Agência Meteorológica do Japão, que é citada pela Lusa.

Devido às chuvas torrenciais, várias casas ficaram inundadas pelo que o município de Ayabe decidiu às 04:05 (20:05 de quinta-feira em Lisboa) ativar um aviso de retirada para os 34.159 residentes dessa localidade.