Um homem de 23 anos, diagnosticado com esquizofrenia, foi detido pela polícia dos EUA, na Florida, por ter decapitado a mãe com um machado no dia 31 de dezembro, avança a BBC.

Christian Gómez é acusado de homicídio de primeiro grau e confessou às autoridades que planeou o crime durante dois dias.

O crime foi denunciado à polícia pelo irmão mais velho de Christian, que chamou a polícia ao descobrir a mãe morta. O corpo de María Surárez-Cassagne foi encontrada nos anexos da vivenda da família em Oldsmar, em Pinellas.

Christian fugiu do local do crime e foi detido pouco depois ao ser denunciado por uma pessoa ao 911 (equivalente ao 112 português) que alertou que uma pessoa suspeita estava a rondar a casa de bicicleta.

Segundo o xerife Bob Gualtieri, Gómez estava chateado com a mãe porque esta o mandou mudar umas caixas de lugar e porque percebeu que o irmão mais velho prestava mais atenção aos seus passos.