Na China, o anúncio a um detergente de lavar roupa está a gerar polémica e já foi considerado o mais racista de sempre.

Nas imagens, um homem de raça negra e uma mulher chinesa aproximam-se mas, quando ele tenta beijá-la, ela coloca-lhe uma cápsula de detergente na boca e empurra-o para a máquina de lavar.

Depois da lavagem, ao abrir o eletrodoméstico, a mulher é surpreendida por um jovem branco, envergando uma t-shirt perfeitamente limpa.

As reações não se fizeram esperar. Nas redes sociais, os internautas expressam surpresa e repúdio em relação à campanha publicitária do detergente chinês.

O anúncio parece ter sido inspirado num outro de há alguns anos, de uma marca italiana, no qual o processo era inverso: um homem branco saía da máquina de lavar negro.

A Qiaobi, marca do detergente, ainda não se pronunciou sobre o caso.