A organização extremista Estado Islâmico (EI) publicou no domingo uma música em chinês, num dos seus sites na internet, a apelar aos seguidores do islão na China para que se sacrifiquem em prol da guerra santa.

O tema, intitulado Nós Somos Mujahid, contém frases como "Morrer no campo de batalha é o nosso sonho", "Nenhum poder nos reterá" e "Pega nas armas e revolta-te", integralmente cantadas em mandarim, a língua oficial da República Popular da China.

"É a primeira vez que o EI divulga uma música em chinês visando recrutar membros ou inspirar os seus seguidores", afirmou um responsável do Instituto de Estudos da Ásia Central da Universidade de Lanzhou, citado pelo jornal oficial Global Times.