Dez pessoas morreram hoje na sequência de uma explosão de gás no interior de uma mina de carvão, na província chinesa de Guizhou, no sudoeste do país.

De acordo com a agência Xinhua, o acidente ocorreu ao início da madrugada numa altura em que estavam no interior da mina 130 trabalhadores, dos quais 120 conseguiram escapar.

A mina, situada em Liupanshui, é da propriedade da Guizhou Hualong, uma "joint-venture" entre uma empresa local e a gigante mineira China Resources Power Holdings, que está cotada na Bolsa de Hong Kong.