Dez pessoas morreram carbonizadas na sequência de um incêndio que deflagrou, esta sexta-feira, num lar de idosos na China, informou a imprensa local.

O incêndio ocorreu num lar com 283 idosos em Hailun, na província chinesa de Heilongjiang, e os bombeiros precisaram de cerca de uma hora para dominarem as chamas, informou o Diário do Povo no seu portal.

O lar tinha aberto portas em 2005 e contava com 450 camas.