Pelo menos 11 pessoas morreram e 13 estão desaparecidas devido às fortes chuvas que afetam a província chinesa de Sichuan, de acordo com a agência oficial Xinhua.

As chuvas fazem-se sentir na região desde domingo e já afetaram 546.000 pessoas de seis cidades, com Luzhou mais prejudicada, segundo as equipas de emergência locais, citadas pela Xinhua.

Todos os mortos e desaparecidos são de Xuyong, um condado de Luzhou, onde os deslizamentos de terras na segunda-feira destruíram 35 casas e causaram cortes na eletricidade, telecomunicações e vias.