Um chinês que foi raptado há 23 anos e vendido a uma família a milhares de quilómetros da sua terra natal reencontrou os pais biológicos graças ao Google Maps, revelou hoje um canal de televisão da China.

Luo Gang, de 28 anos, reencontrou a família, natural da província de Sichuan, depois de ter vivido com os pais adotivos em Fujian, a 1.500 quilómetros do local onde nasceu e de anos a procurar a sua família biológica.

Luo, que foi raptado com cinco anos, lembrava-se que a sua terra natal tinha duas pontes e com esse detalhe desenhou um pequeno mapa do lugar onde viveu e publicou-o numa página da Internet destinada à reunião de famílias cujos filhos foram sequestrados.